Dados dos relatórios no Reportei

Com relação aos dados, podemos garantir que todas as informações que mostramos nos relatórios, dashboards e outras funções do Reportei vêm diretamente das redes sociais e outros canais com os quais estamos integrados (via API). No entanto, é importante ressaltar que algumas dessas redes têm certas restrições e limitações no repasse dos dados. Por isso, em alguns casos, tivemos que apresentar os dados de uma maneira que pode não ser idêntica à forma como a própria rede social os exibe.

Abaixo vamos explicar alguns exemplos disso:

Histórico dos dados

A maioria das redes/canais que temos integração garantem os dados por até 2 anos. Mas existem exceções:

  • Instagram:

    O Instagram não envia o histórico de dados de Seguidores e Stories. E por isso, só haverá dados de datas posteriores a data de integração com o Reportei.

    Caso você tenha integrado sua conta agora, seus dados começaram a ser monitorados a partir deste momento. Mas não se preocupe! Em relatórios futuros eles virão completos =)

    Vale lembrar que só haverá histórico a partir desta data de integração. Ou seja, não será possível analisar dados retroativos nas métricas relacionadas a Seguidores e Stories.

    Essa limitação implica que, para que o monitoramento desses dados aconteça, você precisa manter a conta sempre ativa no Reportei.

    ATENÇÃO: caso a conta seja revertida para pessoal e convertida para comercial novamente o próprio Instagram não garante mais nenhum histórico dos Insights.

  • Linkedin:

    Diferente da maioria das redes, o Linkedin só garante o histórico por até 1 ano! Então caso você gere um relatório analisando ou comparando com períodos superiores a 1 ano da data de geração do relatório, pode ser que o Linkedin não tenha mais esse histórico e, por isso, não retorne mais os dados.

  • Pinterest e Pinterest Ads:

    Atualmente a API do Pinterest não garante dados para períodos superiores a 90 dias (considerando a data atual que você estiver ao gerar o relatório/atualizar a dashboard).

  • RD Station Marketing:

    O RD Station Marketing possui duas fontes de dados para que possamos repassar os dados: Webhooks e API.

    • Webhooks: através dessa fonte, a RD não repassa histórico de alguns dados de conversões e oportunidades. E por isso, o Reportei só começa a captar as informações após a integração.

      Caso você tenha integrado sua conta agora, seus dados começaram a ser monitorados a partir deste momento. Mas não se preocupe, porque em relatórios futuros eles virão completos =)

      Vale lembrar que só haverá histórico a partir desta data de integração. Ou seja, não será possível analisar dados retroativos.

    • API RD Station Marketing: a RD só disponibiliza dados retroativos de email marketing, landing pages, formulários e popups de períodos maiores de 45 dias para contas RD Station Advanced (antigo Enterprise). Caso seu plano seja RD Station PRO só será possível ver dados de até 45 dias.

      Veja mais sobre algumas das limitações atuais aqui.

E no caso do Youtube, Google Meu Negócio e Google Search Console, não conseguimos ter dados dos últimos 3 dias (com relação ao dia atual), porque esses canais demoram alguns dias para consolidar os dados e deixam isso bem claro na documentação.

Limitações dos dados

Um ponto importante para se lembrar: os dados de um relatório ou dashboard sempre serão um retrato daquele exato momento em que foi gerado/atualizado – ou seja, são exatamente os dados que cada rede retornou naquele exato momento de geração.

Existem alguns casos que existem limitações conhecidas nas APIs das redes e, em alguns casos, foi necessário uma decisão de exibição das informações. Vamos explicar melhor abaixo:

  • Facebook e Instagram: Alcance único e total

    No Reportei mostramos a soma do alcance único diário. Infelizmente o Facebook e o Instagram não repassam pela API o alcance único de um período selecionado, ele só repassa esse dado agrupado por dia, por 7 dias ou 28 dias.

    Com isso optamos por mostrar a soma do alcance único diário. Então o fato de somar o alcance único diário, pode acontecer de uma mesma pessoa ter sido alcançada em dias diferentes e ser contada múltiplas vezes.

    Nesse artigo explicamos melhor sobre isso.


  • Instagram e Linkedin: dados orgânicos

    Tanto o Linkedin quanto o Instagram repassam apenas dados orgânicos.

    No caso do Instagram, as únicas exceções são as métricas Alcance total e Impressões totais que ele repassa considerando orgânico+pago, mas as demais métricas são orgânicas.

    É possível gerar relatórios da parte paga, sobre campanhas do Facebook e Instagram, geradas pelo Gerenciador de anúncios, ou sobre o Linkedin, criadas no Gerenciador. Para isso, seu cliente precisa ter a integração do Meta Ads ou do Linkedin Ads. =)


  • Instagram: novas métricas de postagens não retornam sobre todos os formatos

    Recentemente o Instagram liberou mais métricas sobre as postagens, dentre elas o Compartilhamento e Começou a seguir, porém a API não retorna esses dados para todos os formatos de postagens e, por isso, não conseguimos mostrar nem considerar esses resultados nos tipos: Carrossel e vídeos (antigo IGTV).

    Continuamos monitorando as atualizações da API para repassar os dados para todos os formatos assim que eles possibilitarem.


  • RD MKT: diferença de alguns dados

    Como explicamos anteriormente nesse artigo, os dados da RD apresentam algumas limitações e, algumas métricas repassadas via Webhooks não possuem histórico e são repassadas considerando o total. Então isso faz com que eles realmente não coincidam com os dados que aparecem lá no funil da RD. Isso acontece porque no próprio RD Station os dados são referentes as conversões únicas, e via Webhooks eles repassam as conversões totais. Desta forma, os dados nessa parte do relatório costumam aparecer maiores dos que os que aparecem na próprio RD Station.

    Infelizmente, a RD até o momento só repassa os dados totais via Webhooks e a API ainda é limitada e possui dados sobre as conversões dos leads. Por isso não conseguimos adicionar no relatório as conversões únicas, como as que aparecem por lá. Estamos sempre conversando com eles, e assim que eles atualizarem a forma de envio desses dados, também iremos melhorar a visualização nos relatórios. =)

    Veja os detalhes aqui.

Dados sobre postagens

Os dados sobre as Postagens são dados que, na documentação das redes, normalmente é considerado como dado “Lifetime”. Esse nome significa que são considerados os dados totais desde que aquela postagem foi feita até a data de geração de um relatório ou até mesmo de visualização na própria interface daquela rede social.

O que isso impacta?

Um exemplo: se você analisa as postagens de um relatório gerado dia 05 de Setembro, que analisa agosto e compara com Julho, e compara com um relatório gerado em 05 de Agosto que analisa Julho e compara com Junho, os valores das postagens que aconteceram em Julho vão ter resultados maiores, muito provavelmente, no relatório gerado em setembro, do que no relatório anterior, que foi gerado em Agosto.

Isso acontece, porque a rede retorna os dados totais (lifetime) das postagens, então desde de que a postagens foram feitas, em julho, até setembro, elas ficaram mais expostas no feed e podem ter alcançado mais pessoas e isso faz com que os resultados mudem. E no relatório gerado em Agosto era um retrato dos resultados daquelas postagens, e em Setembro outro retrato. =)

Então, como esse dado é Lifetime (total), as informações das postagens sempre vão mostrar o que elas tiveram de resultados até o momento da geração do relatório.

Da mesma forma que, se você acessar a conta de Instagram agora e ver uma postagem que foi feita lá em Agosto, não tem como saber quantas curtidas ela teve só em agosto, ele mostra tudo até o dia que você está vendo.

Caso tenha dúvidas sobre alguma questão, entre em contato com nosso time do suporte via chat.

Este artigo foi útil?01