Saiba como utilizar o formato de funil invertido para criar seu relatório de marketing digital e engajar o decisor do projeto

Quando o assunto é geração de relatório de marketing digital, um dos maiores desafios encarados pelos analistas é preparar uma apresentação que realmente engaje os clientes ou decisores, fazendo com que eles se envolvam mais no projeto e nas estratégias.

Por isso, uma das técnicas que indicamos aqui no Reportei, inclusive em nosso curso gratuito de Analista Data Driven, é o uso do funil de vendas invertido para criar um bom storytelling com dados.

Se ainda não conhece ou quer se aprofundar no tema, neste artigo contamos tudo o que você precisa saber sobre esse método, como ele funciona e como o Reportei contribui para tornar seus relatórios mais eficientes. Continue a leitura e descubra!  

O que é o funil invertido de relatório de marketing?

Antes de tudo, precisamos explicar melhor o que é o funil invertido de relatório e como sua proposta surgiu, não é mesmo?

Assim como a pirâmide invertida do jornalismo, que traz as informações mais importantes da matéria logo no início, essa técnica de inverter o funil de vendas tem como propósito informar os resultados mais relevantes para o cliente primeiro.Ou seja, considerando o fundo, meio e topo nesta ordem, e não o contrário.

Por exemplo, para muitos projetos isso vai significar que a história começará a ser contada pelas métricas de vendas, qualidade das oportunidades de negócio geradas, conversões do fim do funil, dentre outros dados.

Depois, serão aprofundados os pontos das outras etapas que impactaram para obter sucesso para o desenvolvimento do negócio do cliente. Veja abaixo os detalhes de como cada etapa funciona:

1. Resultados e impacto no negócio

Com o funil invertido do relatório de marketing digital, o objetivo é trazer os resultados mais impactantes para o negócio logo no início da apresentação. Isso porque, quando a história começa a ser contada nesse formato, fica mais fácil engajar o cliente/decisor e manter a atenção ao longo da reunião.

O ideal é que exista uma meta para a equipe de marketing que esteja associada ao fundo do funil (como geração de oportunidades ou conversões de anúncios) para ajudar a entender o sucesso do período e os próximos passos do projeto. 

2. Ações captação e relacionamento

Em seguida, temos os resultados de meio de funil. Ou seja, referentes às ações que ajudam a captar leads e se relacionar com eles, fazendo com que os contatos desçam pelo funil e se tornem oportunidades.

No caso do Inbound Marketing, temos os materiais de captura focados na educação do cliente, automação de marketing com fluxos de e-mails e processo de qualificação de leads.

3. Estratégias de atração

Como último tópico da apresentação, temos as ações de atração, seja por meio de site, blog, redes sociais e algumas conversões que ofertam cadastro em newsletter ou outros materiais para ajudar a persona a descobrir seus próprios desafios.

Isto é, as estratégias que permitem alcançar o grande público e são essenciais para ter os melhores resultados no fundo do funil.

Como apresentar um relatório de funil invertido pelo Reportei?

Agora que você já sabe como funciona o relatório de marketing digital com funil invertido, é hora de conhecer como o Reportei te ajuda nesse processo. 

Há duas maneiras bastante simples de fazer isso: por meio dos nossos templates prontos ou por sua própria liberdade de personalizar as informações. Confira os detalhes a seguir.

Templates de acordo com o projeto do cliente

A primeira forma de ter um relatório de funil invertido pelo Reportei é por meio dos nossos templates exclusivos, que funcionam de acordo com o objetivo de marketing do negócio.

Ao todo, são três modelos disponíveis: 

  • Padrão, com foco maior em redes sociais; 
  • Inbound, que traça todo o funil invertido a partir dos canais integrados. Por exemplo: dos resultados do RD Station aos da página do Facebook;
  • Tráfego pago, com destaque para os canais de mídia paga e suas métricas.

Ao escolher um deles, você já conta com o template mais alinhado para fazer uma análise eficiente dos resultados de marketing do projeto.

Personalização de relatórios

Mas não termina aí. Escolhendo ou não um dos templates que já vêm salvos na ferramenta, você tem a opção de personalizar as informações como preferir, criando seus próprios templates e salvando para usar posteriormente no mesmo ou em outros projetos.

Dessa forma, é possível escolher a ordem dos canais, das métricas que vão aparecer nos relatórios, editar gráficos e tabelas ou até mesmo adicionar dados manualmente para complementar alguma informação importante.

Juntamente com isso, você ainda tem a liberdade de acrescentar análises em textos, imagens e vídeos para complementar a história que os dados já começam a contar quando são captados automaticamente pela integração com as mídias sociais.

Não se esqueça dos próximos passos

Inclusive, essa possibilidade de adicionar a sua interpretação sobre os resultados está muito associada à necessidade de não só olhar para o passado, como também de propor ações para o futuro

Ou seja, engajar o cliente nos próximos passos do projeto. Estejam os resultados ótimos ou ruins, o decisor vai querer saber das estratégias que estão por vir e como a equipe está se comprometendo com o sucesso do marketing.

Tudo isso fará com que ele ganhe mais confiança no seu trabalho e na qualidade do serviço entregue, entendendo com maior clareza como as estratégias digitais cooperam para o sucesso do seu negócio.

reportei automação de relatório de marketing digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.