Saiba como ter mais segurança nas redes sociais e evitar alguns dos perigos mais comuns da internet

Com o Instagram, TikTok, LinkedIn e diversas outras mídias ganhando cada vez mais relevância para usuários e marcas, manter a segurança nas redes sociais se tornou um passo essencial para evitar riscos que sejam prejudiciais tanto no online quanto no offline.

Afinal, esses canais estão repletos de dados de pessoas e empresas que os utilizam. Ou seja, quanto menor for a privacidade e o cuidado, maiores são as chances de essas informações caírem em mãos erradas.

Portanto, para que você consiga garantir a segurança das suas contas ou dos seus clientes, preparamos a lista abaixo com 10 dicas de segurança nas redes sociais para aplicar na sua rotina. Vamos lá?

1. Use senhas complexas

A senha é a porta de entrada para a sua conta e, quanto mais simples for, maior será a facilidade para hackeá-la. Por isso, o ideal é apostar em senhas complexas, que tenham variedade de números, letras (maiúsculas e minúsculas) e caracteres especiais.

Quando falamos sobre contas de empresas ou clientes, isso é tão importante quanto para perfis pessoais. Além disso, também vale a pena trocar a senha de tempos em tempos para manter a segurança nas redes sociais.

2. Diversifique as senhas usadas

Juntamente à primeira dica, o ideal é diversificar as senhas usadas em cada uma das contas que você tem acesso.

Nós sabemos que é tentador ter uma senha só para tudo, visto que isso ajuda a memorizar a informação. Porém, já pensou que se um canal for hackeado, há grandes chances de todos os outros também serem acessados por pessoas erradas? 

3. Ative a autenticação de dois fatores

Apesar de serem primordiais para a segurança em redes sociais, as senhas não agem sozinhas. Você também pode (e deve) configurar a autenticação de dois fatores nos perfis, a fim de ter mais uma barreira de proteção contra invasores. 

Uma das opções mais usadas é o envio de código de validação por SMS ou e-mail. Mas você também pode contar com apps, como o Google Authenticator, para realizar a verificação de duas etapas.

4. Desative contas antigas que não usa mais

Sabe aquela rede social que você ou seu cliente não usam mais, porém o perfil continua ativo e cheio de informações? 

O ideal é que essa conta seja desativada. Isso porque, se continuar acessível, ela pode ser uma fonte de dados para outros usuários que ainda estejam presentes no canal em questão. Inclusive, se puder apagar esses dados antes de desativar, melhor ainda!

5. Tenha cuidado ao clicar em links

Ao clicar em links suspeitos, sua conta ou o dispositivo que usa podem ser infectados por vírus. Por isso, é preciso ter muita cautela com os conteúdos que acessa. 

Além disso, há diversas marcas que são vítimas de perfis fakes que usam sua autoridade para se comunicarem com os usuários e fazerem com que cliquem em links suspeitos, preencham formulários com dados pessoais ou outros pequenos golpes.

Portanto, é essencial ficar de olho para que isso não aconteça com a sua empresa ou a conta do seu cliente.

6. Avalie as solicitações de amizade

Esta é uma dica muito importante para as contas pessoais. Ter uma avaliação mais criteriosa das solicitações de amizade ou pedidos para seguir em redes sociais vindos de desconhecidos ajuda a evitar futuras dores de cabeça – seja por tentativas de golpes ou exposição de dados a estranhos. 

7. Tenha cuidado com as informações que compartilha

Falando em exposição, o cuidado também deve estar presente no conteúdo que é compartilhado com amigos e seguidores. Afinal, a internet hoje permite que um desconhecido saiba tudo sobre a vida de outro, inclusive em tempo real. 

Sendo assim, para ter segurança nas redes sociais, é preciso medir até onde o compartilhamento é saudável, seja para você mesmo, sua família, colegas de trabalho ou colaboradores da sua empresa.

8. Saiba que uma conta pode estar vinculada à outra

Uma das coisas mais comuns nas mídias sociais é a vinculação de contas entre redes diferentes, como acontece entre o Facebook e o Instagram

No entanto, deve-se ter atenção para que algum conteúdo exclusivo de um perfil não seja compartilhado no outro sem querer. Por exemplo, se tiver uma conta pessoal e uma business, você não vai querer gerar uma exposição desnecessária de um perfil no outro, certo?

9. Fuja de anúncios e promoções falsas

Anúncios promocionais falsos rodam o tempo todo nas redes sociais, o que faz com que os usuários caiam em golpes de e-commerces ou outros sites suspeitos. 

Além de ter atenção redobrada, também é válido ficar de olho para que sites ou anúncios falsos não se passem por sua empresa ou pelo seu cliente.

10. Tenha cautela ao compartilhar sua localização em postagens

Nossa última dica de segurança nas redes sociais está relacionada ao compartilhamento de localização, seja em fotos do feed ou nos stories. 

Por mais que seja uma prática bastante comum, é importante ter consciência de que as pessoas que te seguem, inclusive as desconhecidas, terão acesso aos locais em que você frequenta ou onde mora – em alguns momentos, isso pode acontecer até em tempo real. 

Ou seja, além do risco online, você pode passar a ter perigos offline também. Portanto, todo o cuidado é pouco!

Curtiu nossas 10 dicas sobre segurança nas redes sociais? Então não deixe de compartilhar com outros amigos e profissionais de marketing digital!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.