Como fazer SEO para YouTube e aumentar a visibilidade dos seus vídeos

1. Pesquise as palavras-chave certas
2. Edite o nome de arquivo antes de subir o vídeo
3. Produza títulos objetivos e otimizados
4. Faça uma descrição completa
5. Adicione legendas aos vídeos
6. Use tags nos seus vídeos
7. Crie thumbnails atrativas
8. Incentive a interação do usuário
9. Fique de olho nas métricas

Com mais de um bilhão de usuários e um bilhão de horas assistidas por dia, o YouTube é, hoje, uma das mídias que mais se destacam na produção de conteúdo para a internet.

Não é à toa que os influenciadores digitais e as empresas têm apostado na plataforma de vídeos mais famosas do mundo para levar informação ao público, criar relações mais próximas e divulgar seus negócios.

Porém, assim como acontece no Google, a concorrência para ocupar as primeiras posições no ranking do YouTube é pesada e exige muito mais que a produção de um bom conteúdo.

Portanto, para se destacar, também é preciso dar uma atenção especial a questões técnicas e às boas práticas de SEO para YouTube.

Se você ainda não sabe como otimizar seus vídeos ou está começando agora, nós listamos nove dicas essenciais para aumentar o número de visualizações, melhorar o desempenho no buscador do YouTube e alavancar o seu canal na plataforma. Continue a leitura para conferir!

1. Pesquise as palavras-chave certas

Assim como acontece em uma estratégia de produção de conteúdo para blog, o YouTube também precisa das palavras-chave certas para ranquear melhor seus vídeos.

Portanto, a nossa primeira dica de SEO para YouTube é fazer uma pesquisa completa de palavras-chave que representem o seu conteúdo.

Você pode iniciar a sua busca pelo próprio espaço de pesquisa da plataforma, que, automaticamente, oferece complementos para os termos inseridos e, assim, mostra quais deles são mais procurados pelos usuários.

Para validar essas palavras-chave, vale a pena explorar o Google Trends (usando o filtro de “Pesquisa do YouTube”) e o Keyword Planner, se o seu objetivo for ocupar as primeiras posições no ranking do Google também.

2. Edite o nome de arquivo antes de subir o vídeo

Esta dica pode parecer boba a princípio, mas ela faz toda a diferença para um bom desempenho no ranking do YouTube.

Se você costuma utilizar nomes como “semtitulo.mp4” ou “video1.mp4”, é hora de mudar sua estratégia e focar na palavra-chave que representa o seu conteúdo. Um vídeo que apresenta uma receita de bolo de chocolate, por exemplo, pode ser nomeado para “como_fazer_bolo_de_chocolate.mp4”.

Portanto, antes de subir o vídeo para a plataforma, sempre mude o nome do arquivo para algo que reflita o tema abordado e contenha a palavra-chave. Isso ajudará o mecanismo de busca a entender sobre qual assunto você está falando.

3. Produza títulos objetivos e otimizados

O título é tanto um ponto de atração para o usuário quanto uma maneira de informar aos buscadores qual é o tema abordado no seu conteúdo.

Sendo assim, é essencial que você sempre insira a palavra-chave (no início, de preferência) e crie títulos que respondam às dúvidas da sua audiência.

Uma outra dica importante é ter atenção ao tamanho do seu título para que ele não seja exibido de forma incompleta pelo YouTube. O ideal é que ele tenha, no máximo, 70 caracteres.

4. Faça uma descrição completa

A descrição do vídeo é um dos fatores que mais influenciam no ranking dos buscadores e, portanto, é uma dica de ouro para quem quer fazer SEO para YouTube.

Como os motores de busca não são capazes de identificar o tema do seu conteúdo apenas pelo vídeo, eles recorrem às informações textuais que estão contidas no título, no nome do arquivo e na descrição.

Dessa forma, o ideal é que você sempre preencha o espaço da descrição com um conteúdo que seja relevante não só para os buscadores, mas também para os usuários que acessam o seu canal.

Além de inserir a palavra-chave ao longo do texto e deixar claro qual é o assunto abordado, você pode adicionar links que direcionem para vídeos relacionados, para o seu site, blog ou redes sociais.

5. Adicione legendas aos vídeos

Um outro fator que faz a diferença no SEO para YouTube é o uso de legendas nos vídeos. Assim como a descrição, esse recurso também é rastreado pelos buscadores e pode impactar de forma significativa no seu desempenho.

Apesar de a plataforma oferecer legendas automáticas, o ideal é fazer a transcrição do vídeo manualmente e subir/sincronizar o texto depois. Essa prática é a mais indicada para evitar erros e garantir a melhor experiência para usuários que tenham alguma deficiência auditiva.

Além de usar a transcrição na legenda, você também pode aproveitá-la na descrição do seu vídeo.

6. Use tags nos seus vídeos

As tags são um recurso que facilita tanto o SEO para YouTube quanto a exibição dos seus vídeos para pessoas que estão em busca de temas relacionados ao seu conteúdo.

Sendo assim, você pode apostar nas palavras-chave que definem o seu vídeo para escolher quais tags serão utilizadas para alavancar o desempenho dele.

Além disso, você também pode fazer uma pequena pesquisa de concorrência para ver quais tags são usadas pelos vídeos que são bem posicionados no ranking e ficar de olho nas sugestões que o próprio YouTube disponibiliza.

7. Crie thumbnails atrativas

As thumbnails (aquelas miniaturas que compõem as capas dos vídeos) são elementos muito importantes para atrair usuários para os seus vídeos e, consequentemente, aumentar o número de visualizações.

Uma thumbnail de destaque é aquela que consegue revelar o conceito do vídeo e influenciar uma pessoa a abri-lo só de olhar para a imagem.

Mesmo que não seja um fator que interfira diretamente no SEO para YouTube, essas miniaturas podem gerar mais cliques e melhorar significativamente o seu desempenho por meio desse aumento.

8. Incentive a interação do usuário

Quando os usuários interagem com um vídeo, o YouTube entende que ele tem um bom conteúdo e isso ajuda a posicioná-lo melhor no mecanismo de busca.

Para incentivar o engajamento do seu público, você deve inserir calls-to-action (CTAs) que os convidem a realizar ações importantes, como fazer a inscrição no canal, compartilhar o conteúdo, deixar um comentário ou curtida, assistir um vídeo relacionado ou clicar em um link que direcione para o seu site.

Além de inserir esses CTAs no próprio roteiro, você pode aproveitar alguns recursos do YouTube que facilitam essa interação, como o uso de cards nos vídeos e a adição de links na descrição.

9. Fique de olho nas métricas

O sucesso de uma estratégia de conteúdo não depende apenas da produção e publicação em um canal, mas também da análise de métricas que ajudam a entender para onde as suas ações estão caminhando.

Por isso, é essencial que você fique de olho nos resultados gerados pelos seus vídeos e, principalmente, no comportamento da sua audiência.

Isso auxiliará você a mapear a forma como os usuários interagem com os seus conteúdos e a fazer ajustes na duração e no formato para que eles sejam mais atrativos e consigam reter o público.

Com o Reportei, você consegue gerar relatórios com as principais métricas do YouTube e acompanhar de perto quais melhorias precisam ser feitas para aumentar a visibilidade dos seus vídeos.

Dessa forma, fica mais fácil adaptar o seu conteúdo ao que realmente desperta o interesse do público e aplicar as dicas de SEO para alavancar ainda mais o seu canal.

Gostou das nossas dicas de SEO para YouTube? Então confira também o nosso artigo com indicação de 7 ferramentas de SEO que não podem faltar no dia a dia do seu trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *