Saiba como utilizar a Cultura Data Driven para tomar as melhores decisões para sua empresa ou clientes

A cultura data driven tem se tornado cada vez mais importante para empresas e agências de comunicação tomarem decisões estratégicas no marketing.

Apesar de ainda serem muito comuns entre os decisores, as ações orientadas por intuição ou resultados passados, sejam eles positivos ou negativos, estão se mostrando cada vez mais ineficazes. Sendo assim, a orientação por dados vêm ganhando força e se tornando protagonista no desenvolvimento de negócios de sucesso. 

Bateu a curiosidade sobre como a cultura data driven pode ser positiva para a sua empresa ou agência? Então acompanhe a leitura para conhecer seus benefícios e saber como aplicá-la!

O que é a Cultura Data Driven?

Com certeza, você já ouviu falar de termos como Big Data, Business Intelligence e Business Analytics, que definem a análise de dados como a maneira mais estratégica de tomar decisões dentro de uma empresa ou projeto.

Esses métodos são usados dentro da cultura data driven como forma de colocar os dados no centro das decisões de negócios. Isso significa, então, que elas utilizam informações reais e relevantes para guiar suas ações e obter resultados de sucesso.

Quando falamos de estratégias de marketing, isso não é diferente. Seja nos projetos da sua agência ou empresa, a tomada de decisão deve ser feita a partir de métricas, com base em estatísticas e metodologias de análise inteligentes.

Dessa forma, não basta apenas captar os dados brutos (Big Data), mas saber tratá-los de uma forma que retornem em dados relevantes, também conhecidos como Right Data, para o seu planejamento. 

A definição das informações mais importantes vai depender, é claro, dos objetivos de marketing dos projetos. Porém, quando bem aplicada, a cultura data driven apresenta resultados consistentes e torna a experiência do cliente muito mais completa.  

Benefícios Cultura Data Driven para o marketing

Independentemente se a empresa ou cliente deseja fortalecer a marca, gerar mais leads ou aumentar suas vendas, a cultura data driven pode (e deve) ser usada para tornar suas estratégias de marketing mais eficazes. A seguir, nós explicamos as vantagens que esse método de trabalho entrega. Confira!

Decisões guiadas por dados

O primeiro e maior benefício da cultura data driven é, sem dúvidas, a orientação das decisões por meio de dados coletados e tratados de maneira adequada. 

Afinal, quando você utiliza estatísticas e informações reais para planejar suas ações, é possível obter insights estratégicos e mais alinhados aos objetivos do projeto. Ideias baseadas em feeling podem ser tentadoras, mas não há certeza nenhuma de que elas darão certo, não é mesmo? 

Otimização de processos

Quando se sabe onde buscar os dados e como tratá-los para obter os melhores insights, uma das consequências é a otimização dos processos internos da agência ou empresa. 

Desse modo, você deixa de alocar tempo em ideias que não sabe se vão funcionar e passa a ser mais estratégico no planejamento, execução e, inclusive, otimização dos investimentos aplicados nos projetos.

Maior valor para o serviço ou produto ofertado

Com decisões tomadas por dados e os processos otimizados, o valor do serviço ou produto entregue ao cliente se torna maior, uma vez que os resultados surgem a partir de estratégias mais eficazes.

Por exemplo: se você otimiza os investimentos em anúncios do seu cliente porque analisou os dados do Google Ads e chegou a essa decisão, há grandes possibilidades de obter uma performance melhor a partir da mesma verba. 

Sendo assim, ao apresentar o relatório quinzenal ou mensal de marketing digital, conseguirá aumentar o valor do trabalho desempenhado, já que terá dados para mostrar como obteve esse insight, qual retorno ele apresentou e quais serão os processos futuros. 

Estratégias mais personalizadas

A partir da cultura data driven, você também obtém ideias mais alinhadas à persona do negócio e suas necessidades. Com isso, as estratégias se tornam mais personalizadas para atender a todas as etapas da jornada de compra.

O resultado é a antecipação de soluções e a maior conexão com o público, o que faz com que a marca ganhe destaque no mercado e entregue a mensagem certa para o cliente ideal no melhor momento.

Como aplicar a Cultura Data Driven em sua empresa ou agência?

Agora que você já sabe quais são os benefícios que a cultura data driven entrega para empresas e agências de marketing, chegou o momento de entender como adotar esse método junto à sua equipe.

Pode parecer complicado a princípio, mas tudo começa, é claro, pelo planejamento. Antes de tudo, é preciso definir como os dados serão coletados e tratados, para que os processos possam ser organizados para atender as necessidades de cada projeto.

Para que haja agilidade e mais praticidade nas análises, por exemplo, é essencial que esse método seja acompanhado de uma boa ferramenta para gerar os relatórios de marketing digital.

No entanto, muito além de adotar essa metodologia e ter plataformas para dar suporte na captação de dados, é preciso engajar a equipe da agência ou empresa nessa realidade. Não é à toa que o nome da estratégia vem acompanhado da palavra “cultura”, não é?

Mais do que aprender a obter dados e extrair o melhor das soluções relacionadas ao data driven, o time necessita de treinamento adequado para realizar análises eficazes e planejar ações que realmente façam sentido para seus projetos.

Para que a cultura data driven seja eficiente, os dados não devem ser retidos apenas nas decisões de marketing. É preciso que exista o alinhamento com o setor de vendas e outras áreas importantes da empresa.

Assim, todo o negócio poderá se desenvolver com orientação por dados e, consequentemente, de uma forma mais saudável e eficaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *