Há algumas semanas, falamos aqui no blog sobre os desafios que os profissionais de mídias sociais terão de enfrentar em 2018, como a diminuição do alcance orgânico que estimulará o investimento online nas mídias, por meio de gerenciadores de anúncios como o Facebook Ads.

Investir nas mídias sociais é uma ótima opção para acelerar o crescimento da presença online da sua empresa, criando autoridade da marca e conquistando os leads certos. O Facebook Ads é ideal para captar usuários que ainda não têm consciência de que eles têm um problema e que esse problema pode ser resolvido pela sua empresa. Dessa forma, você atrai o consumidor, faz com que ele crie consciência do problema dele, interage com ele e dá estímulos para que ao final da jornada de compra (que envolve consciência, consideração e decisão) o consumidor opte por contratar os seus serviços ou adquirir o seu produto.

A seguir, confira algumas dicas e lições que vão te ajudar a aproveitar ainda mais o potencial de gerar resultados por meio do Facebook Ads:

1) Objetivos dos Anúncios

Antes mesmo de criar a sua conta no Gerenciador de Negócios, é preciso refletir sobre os seus objetivos, a fim de detectar se o Facebook Ads é interessante para você investir no momento. Caso perceba que a ferramenta será interessante para o seu trabalho, é preciso definir os objetivos dos anúncios que serão criados. Entre os principais objetivos, podemos citar:

  • Criar uma audiência: o Facebook Ads pode acelerar o processo quando o assunto é criar uma base de seguidores, permitindo que a empresa interaja com o seu potencial cliente e vá ganhando a confiança dele.
  • Impactar e engajar a audiência: esse objetivo é ideal para mostrar as suas publicações para a base de fãs já existente, pois atualmente o Facebook não “entrega” organicamente a sua publicação para todos os curtidores da sua página.
  • Promover landing pages: esse objetivo é interessante para redirecionar as pessoas certas para as páginas do seu site que contêm conteúdos relevantes e com potencial de gerar muitos leads.

2) Tipos de Anúncio

Depois de refletir sobre os objetivos da sua campanha de anúncio, chegou o momento de escolher o tipo de anúncio que você irá usar para alcançar os seus objetivos:

  • Reconhecimento da Marca: gera mais interesse do público em seu produto ou serviço, por meio do direcionamento do anúncio para pessoas mais propensas a se interessarem pelo seu negócio. Esse tipo de anúncio pode ser usado no Facebook e no Instagram, sendo que podem ser criados anúncios no formato de imagem, carrossel, apresentação ou vídeo.
  • Alcance: exibe o seu anúncio para o maior número de pessoas possíveis, levando em conta a segmentação usada por você e também a disponibilidade de orçamento. Esse tipo de anúncio também pode ser usado no Facebook e Instagram e está disponível para diferentes formatos.
  • Tráfego: redireciona mais pessoas para uma página, que pode estar dentro ou fora do Facebook. Nesse tipo de anúncio, é possível criar anúncios dentro do Facebook, Instagram, Messenger e Audience Network, em diferentes formatos.
  • Envolvimento: contribui para que a sua página tenha mais curtidas, comentários, compartilhamentos, participações nos eventos etc.
  • Instalações do Aplicativo: redireciona as pessoas para a loja de aplicativos.
  • Visualizações do Vídeo: promove os seus vídeos, aumentando a percepção da sua marca perante o público.
  • Geração de Cadastros: coleta informações de pessoas interessadas no seu negócio. Ao clicar no banner do seu anúncio, o usuário é redirecionado para uma landing page fora do Facebook, preenche algumas informações e ganha algo em troca. Há também a opção de preencher o formulário sem sair do Facebook.
  • Conversões: aumenta os resultados em vendas ou em cadastros, a partir do momento que o usuário executa uma ação no seu site ou aplicativo. É necessário usar o pixel do Facebook para detectar e mensurar as conversões conquistadas.
  • Vendas de catálogo de produtos: mostra, com base no seu público-alvo, produtos do seu catálogo, puxando automaticamente os preços, imagens e informações de estoque. Aqui também é necessário ter o pixel do Facebook instalado.
  • Visitas ao Estabelecimento: promove o seu ponto comercial para pessoas que estão nas imediações.

3) Segmente o seu público

A segmentação é uma etapa muito importante da sua campanha de anúncios, pois uma segmentação mal feita colabora para que a sua campanha seja mais cara e menos eficiente.

Para obter mais informações sobre o público do seu negócio, você pode acessar o Audience Insights e utilizar os dados disponíveis para criar a segmentação da sua campanha.

Inclusive, há formas mais “sofisticadas” de segmentar o seu público-alvo, como por: pessoas que visitaram o seu site, pessoas que visitaram sites específicos, pessoas que navegaram no seu site por 5%, 10% ou 25% do tempo, pessoas que salvaram a sua página ou post etc.

4) Limite de texto e imagem

Antes não era possível patrocinar publicações com mais de 20% de texto. Em 2016, o Facebook mudou essa regra, mas as publicações com menos texto continuam tendo mais destaque na mídia social, além de gastarem menos orçamento no Facebook Ads.

Ao tentar impulsionar uma imagem com texto, o Facebook poderá classificar a sua publicação das seguintes formas:

  • OK: o seu anúncio será veiculado normalmente.
  • Baixa: o alcance do seu anúncio pode ser um pouco menor.
  • Média: o alcance do seu anúncio pode ser muito menor.
  • Alta: o seu anúncio pode não ser veiculado.

Para não ter surpresas desagradáveis na hora de fazer o seu anúncio, oriente o responsável pela artes gráficas para que ele não ultrapasse os 20% de texto. Também vale a pena testar a imagem antes nesta ferramenta do Facebook.

5) Analise os Resultados

Depois de realizar todas as ações para alcançar o público, você pode analisar os resultados dos anúncios, por meio dos dados que o próprio Facebook fornece, para saber se as campanhas alcançaram o objetivo estabelecido.

No entanto, o tempo que se perde fazendo acompanhamentos manuais pode ser investido em outras atividades. Portanto, opte por ferramentas que otimizem o seu tempo, como o Reportei, que gera relatórios profissionais para as mídias sociais em apenas 3 segundos.

Inclusive, nesta semana, disponibilizamos a funcionalidade “Relatórios de Facebook Ads”. Agora, você pode analisar toda sua conta de anúncios, uma campanha específica ou várias campanhas ao mesmo tempo, usando o Reportei.

Dicas Finais:

  • Segmente por pessoas específicas ou funcionários de uma empresa;
  • Faça campanhas de retargeting para pessoas que visitaram a sua página;
  • Rastreie o tráfego do Facebook Ads utilizando o URL Builder;
  • Instale o pixel de conversão do Facebook Ads;
  • Saiba gerenciar o seu orçamento e
  • Seja criativo.

Leia mais: 6 ferramentas gratuitas para agendar posts nas redes sociais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *