Veja os benefícios do e-mail marketing e 6 dicas para disparar as melhores campanhas

Vira e mexe, há pessoas que levantam dúvidas sobre a eficiência do e-mail marketing em suas estratégias digitais. Será que esse tipo de conteúdo realmente funciona? As pessoas ainda leem e-mails ou eles se tornaram um canal de comunicação obsoleto?

Se você é uma dessas pessoas, saiba que a resposta é: sim, o envio de e-mail marketing é relevante e pode se tornar uma ferramenta poderosa de relacionamento com seu público, se você souber como e quando utilizar. 

Por isso, preparamos este artigo para te contar todos os benefícios de trabalhar com esse canal e entregar seis dicas para tornar suas campanhas mais eficientes. Confira!

Por que o disparo de e-mail marketing ainda é importante?

Segundo a pesquisa State of Marketing 2021, realizada pela Hubspot com mais de 1.500 profissionais de marketing de todo o mundo, 77% dos participantes alegaram ter observado maior engajamento com as campanhas de e-mail marketing em 2021, em comparação a 2020. 

Ou seja, por mais que insistam todos os anos que a era do disparo de e-mails está chegando ao fim, o comportamento dos consumidores parece levar ao caminho contrário, caracterizando uma maior adesão a este canal. 

Isso faz todo o sentido quando pensamos que os e-mails fazem parte da vida de qualquer pessoa que está no meio online, uma vez que são utilizados não só para envio de mensagens, como também para fazer login em redes sociais, cadastros em lojas, comprar ingressos para show ou cinema, e muito mais!

Mas se pensa que basta sair enviando conteúdos para alcançar e conquistar o engajamento da sua audiência, saiba que não é bem assim. 

O e-mail marketing ainda faz sucesso porque, mais do que nunca, as marcas se preocupam em produzir mensagens personalizadas, segmentar muito bem o público e usar a automação de marketing para otimizar o processo. 

Sendo assim, elas conseguem entregar o conteúdo certo no momento certo, desenvolvendo relacionamentos duradouros com os leads. 

Benefícios do e-mail marketing para a sua estratégia

Ainda em dúvida se os e-mails realmente funcionam e sobre o que eles podem proporcionar para a evolução das marcas no digital? Então confira abaixo a nossa lista com os principais benefícios desse canal:

  • Maior alcance: visto que, com a construção da sua base de leads, você expande as oportunidades de se aproximar e interagir com seu público;
  • Relacionamento: seja com quem ainda não fechou uma compra ou com um cliente, o relacionamento é a base para fortalecer a confiança na marca, mostrar que você tem autoridade no seu setor de atuação e, futuramente, gerar fidelização;
  • Segmentação: com o e-mail marketing, você pode trabalhar com segmentações divididas por interesses dos leads, o que faz com que a mensagem certa chegue à pessoa certa;
  • Personalização: ao usar uma boa ferramenta, é possível também criar mensagens personalizadas e que tenham um tom mais pessoal, em que o lead é chamado pelo nome e tem acesso a um conteúdo que realmente visa solucionar suas dores;
  • Automação de marketing: o uso de softwares permite, ainda, que você automatize os envios de e-mails e crie fluxos que acompanhem a jornada do cliente, otimizando o processo e os disparos;
  • Aumento das vendas: como consequência dos disparos de e-mail marketing estratégicos, a empresa tem muito mais chances de aumentar as vendas, uma vez que o relacionamento já foi desenvolvido e os laços de confiança, fortalecidos;
  • Análise de resultados: com o apoio de uma ferramenta de e-mail marketing, você tem acesso aos principais resultados, o que ajuda a entender o que realmente está funcionando e quando sua estratégia precisa ser redefinida. 

6 dicas para aprimorar suas campanhas de e-mail marketing

Agora que você já sabe como uma boa estratégia de e-mail marketing é positiva para gerar relacionamento e mais vendas, é hora de conferir nossas 6 dicas para tornar as suas campanhas um grande sucesso. Vamos lá?

1. Conheça muito bem a jornada do cliente

Como dissemos anteriormente, os disparos de e-mails não devem ser feitos de qualquer maneira, sem levar em consideração o momento que a sua persona está vivendo. 

Por isso, é muito importante que, antes de tudo, você defina como seus conteúdos podem ajudar em cada etapa da jornada do cliente, fazendo com que ela desça pelo funil de vendas. Para relembrar, essa trajetória é dividida em quatro fases:

  • aprendizado e descoberta: quando a pessoa ainda não sabe que tem um problema, mas está começando a ter contato com temas relacionados ao seu setor de atuação;
  • reconhecimento do problema: quando ela sabe que precisa superar um desafio e começa a procurar formas de fazê-lo;
  • consideração da solução: a persona compara as soluções e marcas disponíveis no mercado antes de fazer uma escolha;
  • decisão de compra: a pessoa já está preparada para tomar uma decisão e fechar negócio com a empresa que oferece o melhor produto ou serviço para seu problema.

2. Foque na qualidade do conteúdo

Além de definir muito bem as etapas da jornada de compra, você deve pensar na qualidade do conteúdo que enviará para suas segmentações, sempre respeitando o momento em que elas se encontram e seus interesses. 

Mais do que pensar em quais temas e informações serão trabalhadas, vale a pena também trazer para a mensagem a questão da personalização

Adicionar variáveis ao texto (primeiro nome da pessoa, empresa, entre outras), deixar o título chamativo e desenvolver um bom design são maneiras de fazer e-mails criativos e atrativos para a sua audiência.

3. Conte com uma boa ferramenta de automação

Ao utilizar uma ferramenta de automação, você expande suas possibilidades de manter o relacionamento com seus leads sempre ativos, uma vez que você pode configurar fluxos de e-mails de acordo com cada etapa da jornada de compra.

Com isso, a sua equipe deixa de gastar tempo com tarefas repetitivas e o processo de nutrição se torna mais otimizado, sem deixar de lado a personalização e a qualidade do conteúdo.

4. Produza e-mails amigáveis

Cada vez mais as pessoas utilizam dispositivos móveis para se relacionarem na internet e consumirem conteúdos. Sendo assim, é essencial que os e-mails que elas recebem sejam otimizados para esses dispositivos. 

Pense em como o design e os blocos de texto podem facilitar a leitura, além de deixar a mensagem mais objetiva e atrativa. 

Indo além, reflita como dar continuidade à experiência após o e-mail marketing. Se o CTA levar para o seu site, as páginas também serão responsivas nele? Direcionar o contato para o WhatsApp pode gerar uma conversa mais facilmente ou seria melhor incentivar um cadastro no site?

5. Faça testes A/B

O teste A/B é uma estratégia muito utilizada no marketing digital para entender como o comportamento do público funciona diante de estímulos diferentes.

Dessa forma, ele propõe que seja feito um teste com conteúdos semelhantes, porém em que uma variável é modificada para observar qual versão performa melhor com o público.

No caso do e-mail marketing, isso significa fazer um teste A/B com títulos diferentes, CTAs, imagens ou vídeos, textos, cores, entre outros elementos que possam ser utilizados. Mas, para avaliar melhor o resultado, é importante não mudar mais de uma variável por vez.

6. Acompanhe os resultados e obtenha insights

Monitorar as métricas de e-mail marketing é essencial para descobrir o desempenho de cada disparo, quais estratégias estão funcionando melhor e o que precisa ser ajustado para o futuro.

Sem essa análise, você fica no escuro sobre como anda o relacionamento com seus leads e se eles estão realmente engajando com o conteúdo.

Muitas ferramentas disponibilizam, portanto, dados como taxas de entrega, abertura, cliques, marcação de spam e bounce, para que os profissionais de marketing possam recalcular suas rotas a partir do que já foi produzido e enviado.

Mas se você quer tornar esse processo ainda mais rápido e prático, também pode contar com a geração de relatórios do Reportei

Hoje, nossa ferramenta integra com o RD Station e o Mailchimp, o que faz com que você consiga importar as principais métricas em apenas 3 segundos, tornando suas análises e a comunicação com seu cliente/decisor muito mais simples. 

ferramenta de relatórios para redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.