Conheça os benefícios do marketing digital para a sua empresa

Mais do que nunca, a necessidade de se estar online é uma realidade para empresas que precisam continuar funcionando e interagindo com seu público em meio ao distanciamento social.

Se antes o marketing digital era um diferencial, hoje ele é primordial para quer vender, manter as relações vivas com clientes e, principalmente, fortalecer a própria marca.

Loja físicas migraram para o delivery utilizando aplicativos e WhatsApp para pedidos, imobiliárias e construtoras fazem o atendimento 100% online, e diversos outros negócios ajudam a criar uma rede de apoio para que a população se sinta mais segura neste momento.

Só com esses três exemplos, já podemos perceber que tudo mudou, não é mesmo? Nesse processo de intensa transformação, a regra de ouro é saber se adaptar – mesmo que crises, como a do Coronavírus, sejam temporárias.

Por isso, neste artigo, nós reunimos as principais dicas sobre como migrar para o marketing digital e alcançar o seu público por meio de redes sociais, anúncios e outras estratégias. Vamos lá?

Como migrar do offline para o online?

Primeiramente, nós gostaríamos de enfatizar que a sua ida para o meio online não exclui os seus esforços direcionados para o offline.

Se você investe em marketing tradicional e tem a oportunidade de equilibrar com o digital, os dois poderão se complementar e gerar resultados ainda melhores para o seu negócio.

Mas, é claro, é preciso saber que os dois não funcionam da mesma maneira. No online, tudo é planejado de acordo com um público específico e constantemente mensurado para redefinir ou aprimorar estratégias.

Abaixo, nós montamos um pequeno guia com os cinco passos para você entender como funciona o marketing digital e o que você precisa fazer para implementá-lo na sua empresa. 

Defina seus objetivos

Qualquer trajetória no marketing digital começa pela definição de objetivos claros e alcançáveis. Onde você deseja chegar com as suas estratégias e ações?

São diversos os objetivos que podem estipulados, como reconhecimento da marca, captação de leads (potenciais clientes) ou a criação de canais de atendimento personalizados – como temos visto acontecer nas imobiliárias, por exemplo.

A partir desse primeiro passo, você definirá as metas a serem alcançadas dentro do seu cronograma e as métricas que devem ser acompanhadas para saber se você está no caminho certo ou se precisa adaptar sua estratégia.

Conheça seu público-alvo

Uma das grandes vantagens do marketing digital é a facilidade para segmentar o público e entregar a mensagem certa para a pessoa certa. 

Mas, para que isso aconteça, você tem conhecer o seu perfil de cliente (dados demográficos e geográficos, comportamento, hábitos e necessidades) para adaptar a linguagem e o conteúdo que será produzido para ele.

Existem diversas ferramentas que podem ajudar nesse processo de pesquisa do público-alvo e, depois, na criação das suas buyer personas – perfis fictícios de potenciais consumidores da sua marca, que ajudarão você a conversar com o público-alvo.

Determine suas estratégias e canais de marketing digital

Com objetivos e personas definidos, chegou a hora de pensar sobre as estratégias e canais que serão utilizados para alcançar esse público. 

Dentro do digital, você pode optar por gerar valor para o público por meio do: 

  • marketing de conteúdo – ajudando a solucionar dúvidas e problemas que ele tem;
  • ou pelo inbound marketing – atraindo potenciais clientes para que eles passem pelo funil de vendas e busquem o seu negócio voluntariamente quando estiverem prontos para comprar.

Mas, é claro, as opções vão muito além disso. Há, ainda, estratégias de SEO (Search Engine Optimization), para gerar bons resultados orgânicos para o seu site no Google, e de links patrocinados, para aparecer nas primeiras posições do ranking por meio de anúncios.

Cada possibilidade depende de onde você quer chegar e com quem você quer se comunicar. E é a partir das suas escolhas que você irá definir os melhores canais de contato com o seu público.

Para marketing de conteúdo, por exemplo, você pode apostar em um blog, e-mails e redes sociais, para distribuir os materiais que você produzir e manter a interação com o seu público.

Produza conteúdo relevante 

Se você quer gerar valor para os seus potenciais clientes e fortalecer a marca, esse é um tópico importantíssimo! 

A produção do seu conteúdo precisa ser, antes de tudo, relevante. Ou seja, ela precisa ajudar a sua persona em suas necessidades, desafios e nos objetivos que ela deseja alcançar.

A proposta do marketing de conteúdo não é vender, mas sim oferecer respostas para as dúvidas do seu público, gerar confiança e, principalmente, mostrar que você é uma autoridade no assunto. A venda virá, depois, como uma consequência dessas ações.

Monitore os resultados

Por fim, o marketing digital é mensurável e seus resultados precisam ser acompanhados para que a sua estratégia seja constantemente aprimorada.

Nos mais diversos canais (site, redes sociais, Google Ads, entre outros), você encontra dados sobre o alcance das suas ações e a repercussão de cada uma delas para o público. 

Essas métricas permitem que você entenda o que funcionou e o que precisa ser melhorado nesse processo. Assim, é possível fazer testes, mudar o conteúdo e adaptar não só a mensagem, como também os meios que você utiliza.

Deste ponto, retorna-se à estratégia e se inicia um novo ciclo de ações para alavancar a sua marca no meio online.

Fazer um planejamento de marketing digital não é tarefa fácil (principalmente para quem está começando). Por isso, em alguns casos, o ideal é procurar a ajuda de profissionais da área, cursos e materiais que permitam se aprofundar no assunto.

Em nossos materiais ricos, você encontra também um template de planejamento de mídias sociais para auxiliar nas suas estratégias de marketing digital. É só baixar e aproveitar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *