As campanhas de Facebook Ads podem ser uma ferramenta poderosa de atração e conversão para quem investe em marketing nas redes sociais.

No entanto, para que elas gerem o resultado esperado e atinjam seus objetivos, é preciso ter atenção a todos os detalhes que refletem no desempenho de um anúncio (como formato, conteúdo e CTA) e às melhores maneiras de analisar sua performance.

Para isso, existem dicas incríveis que auxiliam na otimização de campanhas de Facebook Ads e no planejamento de anúncios mais eficazes.

Neste post, nós selecionamos seis que são fundamentais para quem deseja obter sucesso nas ações voltadas para essa mídia. Quer saber quais são elas? Então continue a leitura e confira!

1. Faça testes com diferentes formatos de conteúdos

A melhor maneira de descobrir qual é o formato ideal para os seus anúncios é realizar testes com diversos tipos de conteúdo e acompanhar os resultados que cada um gera para a sua estratégia.

Ao definir um objetivo final para a sua campanha de Facebook Ads, como aumentar o tráfego no seu site ou o envolvimento da sua página, você pode soltar a criatividade e experimentar diferentes textos, fotos ou artes, CTAs e até tamanhos de imagem para avaliar o que é mais atrativo para a sua audiência.

Afinal, cada tipo de público interage de uma forma única. Sendo assim, mesmo que os seus testes demorem um pouco para levar a uma conclusão, eles são essenciais para que você produza conteúdos personalizados, interativos e eficazes para a sua estratégia.

Testes A/B no conjunto de anúncios

Além de fazer testes com os formatos de conteúdo, você também pode fazer duas versões de um mesmo anúncio para comparar qual deles tem uma performance melhor.

Os testes A/B sugerem a alteração de um único aspecto (como texto, CTA ou imagem) para ajudar na avaliação do que realmente faz a diferença na interação com o público quando um determinado conjunto de anúncios é veiculado.

Ao analisar e comparar os resultados de dois ou mais anúncios, você consegue otimizar as futuras campanhas para que elas tenham desempenhos cada vez melhores.

2. Instale o pixel do Facebook Ads no seu site

A instalação do pixel do Facebook no seu site é fundamental para que você mensure os resultados dos seus anúncios com mais facilidade e otimize a sua estratégia para futuras campanhas.

Esse código, que é gerado no próprio Facebook, ajuda a calcular o número de conversões feitas a partir dos seus anúncios e a identificar o perfil de usuários que acessaram o seu site para que você crie públicos semelhantes (Lookalike) no seu Gerenciador.

Além disso, com os dados gerados pelo rastreamento do pixel, você consegue criar campanhas de retargeting, que serão direcionadas especificamente para pessoas que já visitaram o seu site.

Essa estratégia aumenta as suas chances de conversão, uma vez que esses usuários já tiveram o primeiro contato com a sua empresa, mas ainda não estavam preparados para realizar uma ação (como comprar um produto ou baixar um e-book) naquele momento.

3. Interaja com o público para o qual está anunciando

Essa dica é muito simples, mas a criação de um texto que interage com o público é essencial para que os anúncios sejam convincentes e gerem os melhores resultados.

Não se trata apenas de fazer uma boa segmentação, mas também de falar a mesma língua e atrair a atenção da sua persona para o problema que ela tem ou a solução que você pode oferecer.

Uma boa forma de criar interação, por exemplo, é utilizar perguntas, enquetes ou convites que conversem especificamente com aquele grupo e façam com que os usuários se envolvam com o anúncio ou realizem uma ação a partir dele.

4. Nunca esqueça de incluir um CTA no seu anúncio

Ao fim de cada mensagem personalizada para um público sempre deve haver um Call-to-Action (CTA) pronto para levá-lo a uma outra etapa de interação com a sua empresa.

Além de usar os botões de ação disponibilizados pelo próprio Facebook, como o “comprar agora” e “saiba mais”, você deve incluir um CTA atrativo e complementar no texto do seu anúncio.

De uma forma objetiva, é possível criar um senso de urgência e tornar a sua oferta muito mais valiosa para que o seu público preste atenção nela e queira aproveitá-la na mesma hora.

5. Crie links rastreáveis para os seus anúncios

Para facilitar a análise do tráfego gerado pelas campanhas de Facebook Ads para o seu site, o ideal é criar links rastreáveis que permitam a identificação e acompanhamento de cada anúncio.

O URL Builder, ferramenta do Google que permite a criação desses links, facilita a identificação da origem do tráfego e a coleta de dados por meio do Google Analytics.

Para criar um novo link rastreável, você deve sempre inserir as informações que serão a base das suas análises, como a fonte, a mídia e o nome da campanha.

Os dados gerados pelas campanhas do URL Builder podem ser verificados na aba “Aquisição” do Google Analytics.

6. Analise os resultados das suas campanhas de Facebook Ads

Por fim, não podemos deixar de falar que a otimização de campanhas de Facebook Ads só consegue ser feita se for realizada uma análise de resultados que ajude a identificar as melhorias necessárias.

Cada métrica do Facebook Ads tem muito a dizer sobre o desempenho dos anúncios veiculados.

Uma Taxa de Cliques (CTR) alta, por exemplo, pode informar que o seu anúncio alcançou o público-alvo de forma eficaz e fez uma oferta relevante o suficiente para que uma parte significativa dos usuários clicasse nele.

Dessa forma, o ideal é sempre criar relatórios que permitam a análise detalhada dessas métricas e gerem insumos para a otimização das futuras campanhas.

No Reportei, além de gerar relatórios de Facebook Ads automáticos com todos esses dados, você tem a opção de selecionar quais campanhas deseja avaliar e pode complementar essas informações com análises abertas que enfatizem quais foram os testes feitos e por que eles obtiveram esses resultados.

Isso facilita tanto o trabalho dos analistas de marketing quanto a comunicação com os clientes ou decisores do projeto.

Gostou das nossas dicas sobre otimização de campanhas de Facebook Ads? Então confira também o nosso artigo com 6 dicas para otimizar suas campanhas de Google Ads!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *