Não é segredo que a divulgação de produtos e serviços através do Facebook tornou-se uma prática essencial quando o objetivo é potencializar a autoridade de uma empresa no ambiente digital e conquistar leads qualificados. No entanto, de nada adianta criar um excelente planejamento de campanhas e colocá-las no ar se você não analisa o desempenho de cada uma delas periodicamente.

A fim de tornar essa prática acessível e dinâmica, a maior rede social do mundo apresenta diversas ferramentas interessantes para manter a análise dos seus anúncios em dia. Por meio do Facebook Ads, é possível criar diversas oportunidades de segmentações e formatos para anunciar na rede de forma totalmente personalizável e acessível

Se você está se perguntando quais métricas levar em consideração para verificar se as ações elaboradas estão produzindo resultados, você está no lugar certo. Acompanhe:

Número de impressões

Um alto número de curtidas certamente é sinônimo de que uma publicação atingiu o ápice de envolvimento do seu público-alvo, certo? Bem, em partes sim, mas não é só isso. Para entender se de fato suas campanhas estão trazendo bons resultados, é preciso ficar atento ao número de impressões de seus anúncios.

A partir dessa métrica, você compreende o número de vezes que uma publicação foi exibida, independentemente de ter sido ou não clicada. É importante lembrar que uma mesma pessoa pode ver um determinado anúncio diversas vezes: seja através de uma atualização da própria página ou por meio do compartilhamento de um amigo, por exemplo.

O fato é que muitos ainda confundem o alcance com a quantidade de impressões, por isso é tão importante distinguir cada um deles. No primeiro caso, a métrica relaciona-se ao número de pessoas que viram uma publicação e poderá ser inferior ao número de impressões, já que se trata da visualização por usuário.

Frequência

A frequência é a quantidade de vezes que um único usuário se depara com seus anúncios. Se você investe alto em anúncios pagos, observar essa métrica é fundamental para analisar se sua estratégia está sendo bem aceita pelo público e assim efetuar melhorias para que suas publicações agreguem ainda mais valor à persona.

Isso porque, se um anúncio é exibido inúmeras vezes para a mesma pessoa, a tendência é que ele caia em desgosto e faça o papel inverso: ao invés de atrair mais visitantes e potenciais clientes para o seu negócio, irá fazer com que suas publicações sejam ignoradas ou até marcadas como irrelevantes. Exatamente o oposto do que queremos!

Nesse caso, é imprescindível que a segmentação seja feita com o maior cuidado possível. Uma outra dica é selecionar a opção “Alcance Diário Único’’, pois assim cada anúncio será exibido apenas uma vez por dia para cada usuário.

Custo por clique (CPC)

O custo por clique indica o custo por cada clique que um determinado usuário faz em seus anúncios, em outras palavras, você só será cobrado quando clicarem em um anúncio. Caso você queira se certificar de que só irá ser cobrado quando uma pessoa clicar na publicação, esse formato é a melhor opção.

Para calcular o CPC, é só utilizar a seguinte fórmula:

CPC = Custo total/ Número de cliques

Custo por ações (CPA)

Já o custo por ações refere-se ao valor pago por cada ação executada por um usuário, seja um clique ou compartilhamento de um conteúdo.

Lembrando que, quando você tem objetivos claros e procura traduzi-los em seus anúncios, a tarefa de atrair mais pessoas para suas publicações torna-se mais simples, uma vez que você irá criá-las com mais assertividade, objetivando os resultados que deseja alcançar.

Além disso, quanto mais você investir na qualidade dos anúncios, mais cliques e interações eles terão, o que diminuirá consideravelmente o seu custo por ação.

Taxa de cliques (CTR)

Se você quer entender melhor se os seus anúncios estão sendo eficazes, a taxa de cliques não deve ser deixada de lado em hipótese alguma. Também conhecida como click-through rate

essa métrica representa o número de cliques únicos que uma campanha recebeu dividida pela quantidade de impressões. Na prática, indica quantos usuários que viram um determinado anúncio clicaram no link atribuído à publicação em questão.

Agora que você já sabe por quais métricas se guiar para otimizar ainda mais suas análises, é fundamental ter em mente que, um bom planejamento aliado a objetivos bem delineados, é a chave para que suas campanhas atinjam um alto nível de qualidade.

A partir de metas bem definidas, você terá uma percepção muito mais assertiva do que é um desempenho bom ou ruim. Lembre-se, só assim você conseguirá pensar em ações de melhorias e não perderá tempo com estratégias baseadas em achismo. E se você quer ter acesso a métricas ainda mais profundas e detalhadas, clique aqui para fazer o download gratuito do material: “Métricas e indicadores para agências digitais”. Aproveite!

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *