7 coisas que todo freelancer iniciante precisa saber

7 coisas que todo freelancer iniciante precisa saber
É freelancer iniciante e quer saber como desenvolver sua carreira? Nós te contamos todos os segredos abaixo!

É freelancer iniciante e quer saber como desenvolver sua carreira? Nós te contamos todos os segredos abaixo!

Se você é freelancer iniciante, com certeza está se deparando com vários desafios relacionados a essa modalidade de trabalho. Afinal, ela exige muito mais dedicação e organização, não é mesmo?

Por mais que a independência para montar seus horários e gerir seu negócio seja um grande benefício, ainda é preciso cuidar do planejamento financeiro, saber lidar com as instabilidades e, é claro, ter objetivos muito claros de onde deseja chegar. 

Em vista disso, preparamos este artigo com 7 dicas essenciais para auxiliar freelancers iniciantes em suas trajetórias de sucesso. Vale a pena conferir! 

Confira 7 dicas para freelancers iniciantes

A carreira de freelancer oferece uma série de benefícios para quem escolhe segui-la, sendo um dos principais a liberdade de definir a própria rotina e de ganhar mais, dependendo de quantos clientes tiver e quanto é cobrado pelos serviços oferecidos. 

Porém, começar a trabalhar nesse modelo não é tão simples. É preciso uma boa dose de paciência, organização e controle financeiro, independentemente da área em que atua. 

Mas não se preocupe, nós te contamos tudo o que você precisa saber abaixo, por meio de 7 dicas. Confira!

1. Separe o lado pessoal do profissional

O primeiro passo para um freelancer iniciante é saber que, mesmo que as atividades se concentrem em apenas um profissional, é fundamental que a pessoa física fique separada da pessoa jurídica

Com isso, estamos falando de não misturar as finanças, ter um espaço de trabalho bem organizado em sua casa (que, de preferência, evite ao máximo as distrações) e até determinar certos limites para a relação com os clientes, para não correr o risco de fugir do profissionalismo.

Uma boa maneira de começar a separar os dois lados é formalizar o trabalho como freelancer, abrir um CNPJ e pensar na sua atividade como uma empresa prestadora de serviços. Abaixo, você confere como evoluir mais na questão financeira, gestão do tempo e outros desafios.

2. Defina seus objetivos e metas

Assim como em qualquer empresa, a carreira de freelancer deve ter objetivos e metas claras que ajudem na evolução da qualidade dos serviços, aumento do faturamento e carteira de clientes

Afinal, como dissemos anteriormente, o caminho não é fácil. Então, se souber onde deseja chegar, você poderá desenvolver planos de ação que tornem essa trajetória mais estratégica.

Vamos supor que seu objetivo seja chegar a um faturamento mensal de R$ 10.000,00 em 2022. Em vista do preço cobrado por seus serviços, pense nas seguintes questões:

  • quantos clientes precisará ter para chegar nesse valor? 
  • quantos prospects precisará abordar para chegar a esse número de clientes?
  • e se algum deles sair, quais serão seus próximos passos?
  • é possível cobrar mais pelos seus serviços — ou oferecer pacotes maiores — e ter menos clientes?

Tudo isso deve ser mapeado para que você tenha direcionamentos de como agir em cada situação e realmente ter sucesso em sua carreira de freelancer.

3. Organize-se financeiramente

O planejamento financeiro é, sem dúvidas, um dos tópicos mais importantes para qualquer freelancer iniciante. 

Isso porque, ao trabalhar por conta própria, o controle precisa ser dobrado para garantir que, mesmo em tempos de “vacas magras”, você tenha dinheiro para manter seu negócio e seus gastos enquanto pessoa física. 

Sendo assim, o primeiro ponto é fazer uma separação entre as despesas pessoais e profissionais. Você deve listar tudo que irá gerar custos para a empresa mensalmente (como ferramentas, cursos, etc.), o seu salário, e, por fim, uma quantia para reserva de emergência.

Assim, caso se depare com períodos de instabilidade, poderá usar esse valor reservado para ter mais tranquilidade enquanto busca por novos clientes.

Outros pontos importantes são tentar manter contas separadas para PJ e PF (evitando confusões), e se resguardar juridicamente, por meio de contratos, para tornar a parceria com o cliente mais justa para as duas partes.

4. Aprenda a precificar corretamente

Esse é um dos tópicos que mais gera dúvidas para freelancers iniciantes: como precificar os serviços sem que o valor seja injusto para você ou para o cliente?

Há alguns fatores que são essenciais para ajudar nesse cálculo e evitar uma desvalorização do seu trabalho. São eles:

  • custos que você terá para desenvolver o seu serviço;
  • valor da hora trabalhada;
  • planejamento financeiro — onde você está e onde deseja chegar;
  • qualidade das entregas — você já tem muita experiência ou ainda está aprendendo?
  • pesquisa de mercado — quanto seus concorrentes cobram pelo mesmo serviço?

Para ajudar você nessa etapa, o Reportei Academy desenvolveu um curso de precificação que ensina a definir preços justos para seus serviços e evitar os principais erros desse processo. Vale a pena conferir!

5. Acompanhe os sites para freelancers

É comum que um freelancer iniciante não saiba por onde começar a buscar novos clientes e expandir sua carteira. Por isso, os sites para freelancers podem ser uma boa pedida nesse primeiro momento.

Existem diversas plataformas online que fazem a mediação entre freelas de diferentes áreas e clientes interessados em serviços, como é o caso da Workana, 99Freelas, Rock Content e muito mais. 

Cada uma delas trabalha de uma maneira distinta, sendo que algumas gerenciam o contato entre as partes enquanto outras vão além e administram também os pagamentos. Porém, a maioria permite que você tenha liberdade para elaborar sua proposta e facilita a criação de portfólio para atrair novos clientes no futuro. 

6. Faça a sua gestão do tempo

Assim como organizar as finanças é essencial para todo freelancer, a gestão do tempo também precisa ser feita com cuidado para garantir que você cumpra com suas entregas, mas tenha também suas pausas para o descanso.

Para evitar que o tempo gasto em tarefas saia do controle ou a procrastinação tome conta, é importante seguir algumas dicas como:

  • listar diariamente as tarefas que devem ser realizadas e ordená-las por prioridade;
  • monitorar o tempo gasto em cada uma delas para se certificar de que seus serviços se adequam ao preço cobrado;
  • reduzir ao máximo as distrações, como TV, celular e redes sociais;
  • se dedicar a uma atividade por vez, para evitar que você não tente fazer tudo ao mesmo tempo e acabe não entregando nada;
  • aprender a dizer “não” em momentos em que você realmente não consiga atender a um pedido do cliente;
  • usar ferramentas de gestão de tempo e produtividade para auxiliar na organização das suas entregas.

Leia também: Checklist para Social Media: confira como ele facilita a rotina de um freelancer.

7. Saiba como lidar com as instabilidades

Chegamos ao tópico de ouro desta lista: as instabilidades da vida de freelancer. Porque sim, elas vão chegar em alguns momentos e é preciso saber lidar com esse desafio para evitar que a ansiedade tome conta da rotina.

As instabilidades normalmente vêm quando há desistência por parte dos clientes e o trabalho fica escasso, e, com isso, o faturamento acaba caindo. Ou você quando você está em busca de novos clientes, mas com dificuldade de negociar com eles. 

Nesse momento, é normal que exista um desânimo e você se sinta meio perdido(a). Por isso, o planejamento financeiro e seus objetivos devem existir como uma maneira de gerar mais segurança e ajudar a passar por esses momentos de turbulência.

Além disso, este pode ser um ótimo momento para pensar em seus serviços, em entregas que podem agregar ainda mais à experiência do cliente e no que falta para tornar o seu negócio ainda mais valioso.

Leita também: 4 dicas: como fidelizar clientes enquanto agência ou freelancer.

Quer saber mais dicas sobre como ter sucesso como freelancer iniciante? Acompanhe nosso blog e fique por dentro de todos os nossos conteúdos para alavancar sua carreira!

Posts que podem ser interessantes
Comentários

Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe