Conheça as vantagens de anunciar na Rede de Display do Google e como aproveitar o melhor desse recurso

Ao acessar alguns sites na internet, provavelmente você já deve ter visto peças publicitárias em destaque no topo e nas laterais das páginas. Esses anúncios fazem parte das campanhas veiculadas na Rede de Display do Google.

Essa ferramenta, que fica disponível na conta do Google Ads, é uma das mais utilizadas por marcas que desejam alcançar mais pessoas e gerar maior visibilidade para seus produtos, serviços ou conteúdos.

Por isso, neste artigo, contamos tudo o que você precisa saber sobre a Rede de Display, seus benefícios para anunciantes do Google e como criar sua campanha. Continue a leitura para conferir! 

O que é a Rede de Display do Google?

A Rede de Display do Google é um grupo formado por milhões de sites e aplicativos que são parceiros do maior buscador do mundo. Essas páginas se associam à plataforma para disponibilizar espaço para anunciantes que desejam divulgar sua marca, produtos ou serviços. 

A partir disso são criadas, então, as campanhas de Display, que entregam anúncios visualmente atrativos aos visitantes desses sites, levando em consideração as segmentações de público e seus interesses.

Esses anúncios são frequentemente vistos, por exemplo, em formato de banners, vídeos e outras publicidades que chamam a atenção de quem navega pela internet e pode ter interesse na solução ofertada.

Sendo assim, o modelo de campanha de display se destaca por possibilitar que você alcance a audiência certa no melhor momento, aumentando a visibilidade, tráfego no seu site e até as conversões.

Vantagens da Rede de Display do Google

As campanhas feitas para a Rede de Display do Google entregam uma série de benefícios para quem investe nesse formato de anúncios, como:

  • grande alcance do público, visto que a rede é composta por mais de 35 milhões de sites, apps e propriedades do Google, como o YouTube e o Gmail, espalhadas pelo mundo;
  • diferentes metas de campanhas para atingir seu objetivo de marketing. Você pode aumentar o reconhecimento da marca, gerar mais tráfego ou conversões;
  • uso de aprendizado de máquina para auxiliar na definição de segmentação, lances e formatos, com o propósito de garantir campanhas mais estratégicas e os melhores resultados.

Rede de Display x Rede de Pesquisa

Ao começar a investir no Google Ads, você vai perceber que existem diferentes tipos de campanhas que atendem a vários propósitos de divulgação de uma marca ou produto. Dois dos mais utilizados são, sem dúvidas, os anúncios de display e os de pesquisa.

Enquanto a Rede de Display tem o objetivo de gerar mais visibilidade para as empresas em sites parceiros do Google, a Rede de Pesquisa entrega sua publicidade em resultados mostrados nos mecanismos de busca

Ou seja, quando uma pessoa pesquisa um termo relacionado à solução que sua marca oferece, há possibilidade de seus anúncios aparecerem para ela e a atraírem para seu site. 

A Rede de Display, por outro lado, faz com que sua publicidade chegue à sua audiência mesmo que ela não esteja realizando uma busca naquele momento. São campanhas excelentes, por exemplo, para quem faz remarketing.

Isso significa que um formato é melhor que o outro? Depende de quais são os objetivos. No entanto, uma dica de ouro é conciliar as duas estratégias para atingir seu público nas duas redes. 

Quais são os formatos disponíveis na Rede de Display?

Agora, se você acha que os anúncios de display são veiculados apenas em formato de banners nos sites parceiros, saiba que há outras possibilidades para garantir o alcance do seu público.

As imagens são, de fato, mais destacadas por seu potencial de atração e de gerar engajamento. Porém, você também pode trabalhar com modelos de:

  • textos curtos, muito parecidos com os que são feitos para a Rede de Pesquisa, que são adaptados para o Display e ficam localizados na lateral das páginas;
  • banners que ficam disponíveis na lateral ou no rodapé de vídeos do YouTube, além de aparecerem também na home da plataforma;
  • mídia rica, que reúne diferentes formatos (como carrosséis e animações) para que o usuário selecione como deseja ver o conteúdo do anúncio. 

Como criar uma Campanha de Display no Google?

As campanhas de Display são criadas a partir de uma conta do Google Ads. Sendo assim, basta acessar a sua ou a do seu cliente, clicar no botão “+” e selecionar “Nova Campanha”. Depois, basta seguir o passo a passo:

  1. Escolha a meta que deseja atingir: você pode optar por gerar vendas, leads, tráfego ou alcance e reconhecimento da marca. Em seguida, selecione Display como tipo de campanha;
  2. Configure sua campanha: defina o local de exibição, idiomas, frequência e período de exibição, dentre outras configurações importantes;
  3. Defina orçamento: ele determina o quanto você vai gastar por dia e influencia diretamente no sucesso da sua campanha. Por meio dos lances, que podem ser automáticos, é possível definir como o orçamento será gasto;
  4. Determine a estratégia de segmentação: escolha quais públicos deseja alcançar com seus anúncios. Há a possibilidade de escolher a segmentação otimizada para ajudar você na definição dos melhores indicadores.
  5. Crie seus anúncios: desenvolva anúncios responsivos com vários tipos de mídias, para que o Google combine automaticamente os criativos de acordo com as melhores opções para sites, apps, YouTube ou Gmail. Por fim, é só revisar e publicar sua campanha;
  6. Acompanhe os resultados obtidos: assim como em qualquer estratégia de marketing digital, o monitoramento das campanhas de Display é essencial para garantir a melhor performance dos anúncios.

E para tornar a sua análise de métricas das campanhas de Rede de Display mais eficiente e estratégica, conte com o Reportei

Com poucos cliques, você gera seu relatório do Google Ads de forma personalizada e pode complementar com a sua visão dos resultados, seja a partir de textos, imagens ou vídeos.

Reportei teste grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.