Saiba tudo sobre o YouTube Shorts, nova ferramenta concorrente do TikTok e do Reels

Com os vídeos curtos ganhando cada vez mais destaque na internet, a maior mídia social de audiovisual do mundo entrou na brincadeira e desenvolveu uma nova ferramenta: o YouTube Shorts.

Sua chegada ao Brasil ainda é bastante recente (tem poucos meses), mas seus recursos já estão fazendo muito sucesso com os criadores de conteúdo — principalmente os que desejam alavancar seus canais na plataforma. 

E se você também está apostando mais em vídeos em sua estratégia de marketing digital, não pode ficar de fora dessa. Abaixo, contamos tudo o que precisa saber sobre o YouTube Shorts e como ele funciona. Acompanhe!

O que é o YouTube Shorts?

Seguindo a tendência iniciada pelo TikTok e disponível no Instagram por meio do Reels, o YouTube Shorts foi anunciado no Brasil em junho deste ano com o propósito de incentivar a criação de vídeos curtos diretamente por dispositivos móveis.

A primeira versão da plataforma começou a ser testada na Índia e nos Estados Unidos e, desde então, já foram 6,5 bilhões de visualizações diárias por todo o mundo. 

A proposta do YouTube Shorts é apoiar criadores de conteúdo a publicarem vídeos rápidos (de até 60 segundos) e divertidos utilizando apenas o smartphone e os recursos de edição disponíveis na ferramenta.

Dessa forma, além de os usuários terem acesso à prateleira de Shorts para acompanhar produções em diversos países, também podem gravar diretamente no app, adicionar textos, legendas, músicas e abusar da criatividade para alcançarem seus públicos.

Uma boa notícia é que, assim como em outros vídeos do YouTube, a nova ferramenta pode vir a recompensar seus criadores com dinheiro. A plataforma já está estudando as melhores opções de monetização e tem um fundo de 100 milhões de dólares que será distribuído entre 2021 e 2022.

Quer saber como usar essa novidade em sua estratégia de marketing digital? Nós contamos a seguir!

Como criar vídeos com o YouTube Shorts?

Para começar a usar o YouTube Shorts em sua estratégia de marketing digital, basta ter o aplicativo do YouTube instalado em seu smartphone. Nele, está presente a ferramenta de criação de vídeos curtos, que permite a gravação de um ou mais clipes de até 60 segundos.

Siga o passo a passo abaixo para iniciar sua primeira produção para o Shorts:

  1. Após acessar o app do YouTube, clique em Criar e depois em Criar um Short. Em seguida, toque no botão de captura para começar a gravação e, depois, toque novamente para pausar. 
  2. Enquanto grava, você pode aplicar filtros para deixar seus vídeos mais criativos ou adicionar músicas/áudios. Caso utilize música da biblioteca do YouTube ou áudios originais de outros vídeos, o seu Shorts deverá ter no máximo 15 segundos de duração.
  3. Para finalizar a edição do vídeo, você também pode adicionar textos (inclusive em pontos específicos do vídeo), legendas automáticas, controlar a velocidade de exibição e muitos outros recursos que deixam a versão final ainda mais divertida.
  4. Terminada a edição, toque em Próxima para adicionar um título ao vídeo e definir suas configurações, por exemplo se ele será público ou privado.
  5. Por fim, selecione o público (determinando se é um conteúdo para crianças ou não) e clique em Enviar para publicar seu Shorts.

A publicação de um Shorts pelo computador segue a mesma dinâmica dos outros vídeos. A única mudança é que é preciso incluir #Shorts no título ou na descrição para que o YouTube recomende seus vídeos curtos. 

Aproveite essa novidade em sua estratégia para YouTube

Se o YouTube faz parte da realidade do seu negócio ou das estratégias do seu cliente, você pode usar essa nova ferramenta para gerar conteúdos rápidos, atrativos e divertidos para o seu público.

Como falamos anteriormente, os vídeos têm ganhado cada vez mais espaço nas redes sociais. E, quanto mais dinâmicos e humanizados, melhor para interagir com os inscritos do seu canal e gerar conexão com eles. 

Outro ponto interessante é que, por ter uma aba própria no app, o Shorts do YouTube é uma excelente maneira de alcançar mais pessoas que podem se interessar pelo seu conteúdo. 

Mas, para que isso aconteça, é necessário realizar as mesmas otimizações de SEO recomendadas a outros vídeos: criar um título atrativo que contenha a palavra-chave, adicionar uma boa descrição, utilizar tags e hashtags relacionadas aos assuntos tratados em suas produções.

Com as mais de 6,5 bilhões de visualizações que a ferramenta gera em todo o mundo, é impossível ficar fora dessa, não é mesmo?

E você, já testou o YouTube Shorts? Conta para nós o que achou da novidade nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *