Google AnalyticsTutoriais - Passo a passo

Spam de Referências do Google Analytics: o que é e como removê-lo?



Recentemente, ao tentarmos ajudar um cliente do Reportei com problemas com os dados de seu relatório, nos deparamos com uma questão até então desconhecida pela nossa equipe: o Spam de Referências do Google Analytics.

A dúvida do nosso cliente estava relacionada a uma origem de tráfego suspeita que apareceu em seu relatório, apontando que algo poderia estar errado em sua análise.

Foi então que, após algumas pesquisas feitas em busca de uma resposta, descobrimos que o GA também sofre com spam e isso é bem mais comum do que se imagina.

Por isso, resolvemos compartilhar, neste artigo, as principais informações que você precisa saber sobre o Spam de Referências do Google Analytics e as formas de removê-lo dos seus relatórios.

 

O que é o Spam de Referências do Google Analytics?

Mas o que é exatamente esse tal Spam de Referências do Google Analytics e por que ele atrapalha os relatórios de tantos profissionais de Marketing Digital?

Bem, primeiro precisamos explicar que o Referral Spam, como também é conhecido, nada mais é que os acessos falsos que vêm de sites bastante suspeitos e fora do comum.

Essas visitas nunca chegaram a existir de fato, mas constam no seu relatório do GA como se fossem reais. Ou seja, elas alteram seus dados e podem prejudicar a sua análise.

Nem sempre você conseguirá reconhecer claramente quando o número de visitas for spam, porque às vezes o domínio do site terá uma aparência normal.

No entanto, na maioria dos casos, eles são fáceis de identificar não só pelo domínio, como também pela taxa de rejeição de 100% e o tempo no site, que é igual a zero.

Só por essas informações já podemos perceber que se trata de algo enganoso e negativo para os relatórios, não é mesmo?

Por isso, é importante dar uma atenção para esse problema e entender o quanto ele pode causar danos para a sua estratégia.

Afinal, os dados relacionados ao tráfego vindo das Referências são extremamente importantes e uma alteração imprópria pode dificultar uma análise eficaz dos seus resultados.

Mas você pode ficar tranquilo ou tranquila, porque existem formas bastante práticas de solucionar esse problema e livrar o seu site desse incômodo.

 

Como livrar meu site do Spam de Referências do Google Analytics?

Para ajudar nosso cliente que nos apontou essa questão inicialmente, começamos uma pesquisa que nos levou a encontrar algumas soluções possíveis para eliminar e bloquear o Spam de Referências do Google Analytics.

Sendo assim, montamos um passo a passo que ajudará na identificação desses falsos acessos e na realização das mudanças necessárias para trazer seu GA de volta à realidade. Veja só:

 

1. Localize os acessos de spam

O primeiro passo para remover o Spam de Referências do Google Analytics do seu site é a localização e reconhecimento dessas falsas visitas.

Em sua conta do Analytics, acesse seus dados de tráfego, clicando primeiro em “Aquisição” e depois em “Todo o Tráfego”. Ao fim das opções, estará o link para visualizar apenas as informações relacionadas às suas referências.

Quando aparecer a tabela com todas as suas fontes de acessos, clique em “Taxa de Rejeição” para fazer com que suas visualizações sejam filtradas por ordem de rejeição.

As que possuem taxas altas (normalmente de 100%) aparecerão primeiro e isso facilitará a identificação do que é realmente spam.

Como falamos anteriormente, outras características para se ter atenção ao longo da sua análise são o tempo de duração inexistente e o número médio de páginas visitadas, que é sempre igual a um.

A partir da localização desses acessos suspeitos, você consegue seguir os próximos passos para remover o spam existente.

 

2. Exclua o spam que já existe em seus relatórios

Após identificar essas visitas em suas referências, você tem duas alternativas para se livrar desse problema em seu relatório: a exclusão do spam que já existe e o bloqueio por meio de filtros.

Para colocar em prática a primeira opção, vamos seguir o passo a passo divulgado por Neil Patel em seu artigo sobre o Spam de Referências do Google Analytics. Vamos lá?

A remoção é feita por meio da criação de um segmento customizado. Para isso, acesse novamente a aba “Todo o Tráfego” e clique em “Canais”.

Depois, você abre a caixa “Dimensão Secundária” e seleciona a opção “Fonte/Mídia” para aparecer a alternativa “Adicionar Segmento” na parte superior da página.

Em seguida, clique para adicionar um novo segmento e selecione a opção “Condições” na aba lateral para que você possa editar as informações e remover o spam.

No menu suspenso “Ação do Evento”, você busca por “Nome do Host”, localizado em “Comportamento”. Já no segundo menu, é preciso escolher a alternativa “Corresponde à RegEx”.

Feito isso, temos uma sequência de três ações que finalizam a configuração desse filtro. Primeiramente, você coloca no campo ao lado do segundo menu a seguinte sequência (também disponibilizada no artigo de Patel):

offer|free\-|share\-|mercedes|buy|cheap|googlsucks|benz|sl500|hulfington|buttons|darodar|pistonheads|motor

|money|blackhat|backlink|webrank|seo|phd|crawler|anonymous

Posteriormente, clique no botão “ou” para criar uma nova seção igual à anterior. Seus menus serão preenchidos com os mesmos dados e você acrescentará a próxima sequência no campo em branco:

127.0.0.1|justprofit.xyz|nexus.search-helper.ru|rankings-analytics.com|videos-for-your-business|adviceforum.info|video—production|success-seo|sharemyfile.ru|seo-platform|dbutton.net|wordpress-crew.net|rankscanner|doktoronline.no|o00.in

Por fim, você clica na opção “ou” novamente, edita os menus suspensos e cola a última sequência:

top1-seo-service.com|fast-wordpress-start.com|rankings-analytics.com|uptimebot.net|^scripted.com|uptimechecker.com

Pronto! Com o filtro configurado, você poderá utilizá-lo para acabar com qualquer visita falsa e inoportuna que já existe em seu relatório.

 

3. Crie filtros para bloquear o Spam de Referências do Google Analytics

O segredo para fugir do fantasma do Spam de Referências do Google Analytics leva em consideração mais um passo a passo que é indicado como uma forma de prevenção.

O próprio Suporte do Google possui um conteúdo específico que ensina a produzir filtros que bloqueiam o referral spam. Veja, a seguir, o que você precisa fazer de acordo com as instruções desse guia.

Para começar, vá até a aba do “Administrador” e escolha a conta na qual deseja criar um filtro. Depois, clique em “Todos os filtros”, localizado na coluna “Contas”.

O próximo passo é criar um novo filtro e nomeá-lo de forma que você o encontre facilmente depois.

Esse filtro específico para spam precisa ser configurado, então você deve clicar no botão de customização e selecionar a opção “Excluir” no menu suspenso logo abaixo.

No “Campo de Filtro”, você seleciona a alternativa “Fonte de Campanha” e adiciona, na caixa “Padrão de Filtro”, o domínio de spam que deseja bloquear dos seus relatórios.

Caso seja mais de um, basta seguir o exemplo dado pelo próprio Google, separando os domínios com uma barra vertical (“|”):

example\.com|secondexample\.com|.*spammysubdomain\.com

Por fim, selecione a opção “Aplicar filtro às visualizações”, clique em “Todos os Dados de Web Site” e salve suas configurações para bloquear os sites que estavam dificultando o seu trabalho.

Vale lembrar que esse processo exige uma atualização constante, uma vez que outros domínios de spam, diferentes dos que foram bloqueados, podem aparecer.

Por isso, fique sempre de olho nos seus dados da aba de Referências!

São eles que irão apontar novas visitas falsas, ajudar a excluir informações prejudiciais ao seu relatório e bloquear futuras aparições desses sites nas suas análises.

Se você gostou do nosso artigo sobre o Spam de Referências do Google Analytics, então assine nossa newsletter e receba outras dicas que ajudarão a aprimorar ainda mais seus relatórios de mídias sociais!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send message via your Messenger App