Search

E-mail Marketing avançado: melhores práticas e recomendações da E-goi

E-mail Marketing avançado: melhores práticas e recomendações da E-goi

Confira os principais insights do bate-papo entre Reportei e E-goi, e descubra as melhores práticas para criar campanhas de e-mail mais avançadas

O e-mail marketing é uma ferramenta poderosa que, quando utilizada de maneira estratégica, pode gerar resultados excepcionais para qualquer negócio. Mas com o avanço da tecnologia e o aumento da competitividade no mercado digital, é crucial que as empresas adotem práticas avançadas para se destacar e manter o engajamento com seu público.

Sendo assim, preparamos este artigo para explorar as melhores recomendações da nossa parceira E-goi, uma das principais plataformas de automação de marketing do mercado, para sair na frente quando o assunto é trabalhar com campanhas de e-mail avançadas. 

Como base, usamos as dicas abordadas no bate-papo entre o Renan Caixeiro, CMO do Reportei, e o William, que é especialista em parcerias estratégicas na E-goi. Continue a leitura para conferir tudo sobre essa conversa e clique no player abaixo para assistir a gravação da live na íntegra!


Conheça a plataforma de automação de marketing E-goi

Mas antes de tudo, é importante apresentar o que é a ferramenta E-goi, que é uma das mais recentes parceiras do Reportei. Plataforma de automação de marketing omnichannel, ela foi fundada em Portugal e hoje tem uma presença forte em todo o mundo. 

Dentre suas principais soluções integradas, destacam-se o e-mail marketing, SMS, push notifications, web push e muito mais. Ou seja, ela foi projetada para otimizar a comunicação das empresas com seus clientes, permitindo criar, gerenciar e analisar campanhas de marketing de forma eficiente e intuitiva. 

Com recursos avançados de segmentação e personalização, a plataforma ajuda a aumentar o engajamento e as taxas de conversão, tornando-se uma ferramenta completa de automação. Dessa forma, ela ajuda a ir além do básico no disparo de e-mails, como vamos mostrar nas boas práticas indicadas a seguir. 


6 melhores práticas para e-mail marketing avançado

Por meio de pesquisas e do desenvolvimento de diversas tecnologias, a E-goi vem se aprofundando cada vez mais quando o assunto é a criação e envio de e-mails mais eficazes. 

Ou seja, se você acredita que essa estratégia já “morreu”, a verdade é exatamente o contrário: ela permanece mais relevante do que nunca e abre espaço para um engajamento maior com o público. 

Para comprovar isso, a seguir vamos explorar 6 dicas que o William apresentou no bate-papo com o Reportei, indo desde o básico bem feito até as práticas mais avançadas. Vamos lá?


1. O básico bem feito

Para iniciar no e-mail marketing ou começar a ter os melhores resultados com ele, é essencial dominar o básico antes de avançar para estratégias mais complexas

Por isso, primeiramente, você deve se certificar de que a estrutura dos seus e-mails atendam a uma série de quesitos, como:

  • ter conteúdos responsivos, ou seja, adaptáveis a diferentes dispositivos e tamanhos de tela;
  • garantir a acessibilidade, para que todos os leitores possam interagir com o conteúdo de forma simples;
  • conter bons CTAs (Call to Action). Inclusive, William recomenda o uso de dois botões de CTA, um no topo e outro no final do e-mail, levando ao mesmo destino, para atingir tanto aqueles que agem rapidamente quanto aqueles que preferem ler todo o conteúdo antes de tomar uma decisão.

Esses são apenas alguns dos pontos básicos a serem atendidos quando falamos sobre a criação de e-mails. Quando já são trabalhados conteúdos bem feitos e atrativos, é possível avançar para outras questões mais elaboradas, como falaremos a seguir. 


2. Segmentação avançada

Segundo William, é fundamental “ter uma base muito bem segmentada para garantir que a estratégia é assertiva para quem realmente quer receber aquele e-mail”.

Dessa forma, para maximizar a eficácia do e-mail marketing, a segmentação avançada é um ponto muito importante. Afinal, simplesmente disparar conteúdos de forma generalizada para uma base grande de contatos geralmente resulta em baixas taxas de abertura e cria um cenário desanimador.

Por outro lado, quando a segmentação é baseada em critérios demográficos, comportamentais e na etapa da jornada do consumidor, as campanhas se tornam mais personalizadas e relevantes para cada segmento da sua audiência, aumentando o engajamento e as conversões.

Para ajudar nesse processo, vale a pena trabalhar com automações, de forma a garantir que os contatos sejam corretamente categorizados e que as mensagens sejam enviadas no momento ideal, atendendo às necessidades específicas de cada grupo de clientes.

A E-goi, por exemplo, conta com funcionalidades que ajudam nesse processo de engajar, nutrir e criar segmentações mais precisas por meio de fluxos de automação, como mostra a imagem a seguir:

Crédito: E-goi 

Por fim, é crucial não comprar listas de leads e sempre seguir a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), para garantir que seus contatos sejam qualificados e obtidos de maneira ética.


3. Ter uma boa plataforma de e-mail marketing

Outro ponto importante para otimizar suas campanhas de e-mail marketing é contar com uma plataforma bem configurada e que ofereça as ferramentas necessárias para criar e disparar conteúdos de forma estratégica. 

Além disso, William indica que ela tenha integração com a sua plataforma de CRM para que você consiga utilizar gatilhos específicos para a nutrição de leads em estágios mais avançados do funil de vendas. 

O mesmo vale no caso de e-commerce, já que a integração com a plataforma de e-mail marketing ajuda a reduzir a taxa de abandono de carrinho e a recomendar produtos relevantes aos clientes, aumentando assim as chances de conversão e fidelização.


4. Integração phygital

Avançando para estratégias mais complexas, é hora de falarmos sobre as possibilidades que a inteligência artificial entrega para o desenvolvimento de boas campanhas de e-mail marketing. 

É muito comum que a gente associe o uso da IA com a criação da copy de um e-mail ou de outros conteúdos. Porém, segundo William, ela pode ir muito além e proporcionar uma integração maior entre o mundo físico e digital (phygital, em inglês) para proporcionar uma hipersegmentação com base em comportamentos dos usuários.

Por exemplo, digamos que você tenha uma loja física e uma virtual. Você sabia que é possível usar a IA para coletar dados das ações dos consumidores dentro da loja física (por meio de conexão deles com o wi-fi do estabelecimento) para desenvolver campanhas mais assertivas no meio online?

Com isso, é possível produzir conteúdos que indiquem produtos que foram visualizados presencialmente e também podem ser adquiridos pelo e-commerce.

Ou, pensando no fluxo contrário, as visitas feitas na loja virtual podem fornecer dados aos vendedores dos estabelecimentos físicos, para que eles estejam mais preparados para receber os clientes e ajudá-los na compra. 

Essa estratégia pode parecer muito distante da realidade de muitas empresas, mas ela já está entre as funcionalidades entregues pela E-goi e tem se tornado muito relevante para quem deseja investir em omnichannel.  


5. IA no disparo de e-mails

Além da integração phygital, a E-goi também trabalha com IA no disparo mais eficaz dos e-mails, de forma a aumentar resultados de taxas de abertura e cliques. 

A tecnologia, chamada Send Frequency, analisa um histórico mínimo de seis meses de interações de cada inscrito para determinar o melhor dia e horário de envio. Inclusive, no case da Salsa Jeans – cliente da E-goi –, um ano de histórico foi analisado para identificar oportunidades ideais, com envios automáticos segmentados por hora durante a semana. 

Com isso, a empresa conquistou uma taxa mínima de abertura de 56%, aumentou em 9% as taxas de cliques e em 73% o ticket médio de vendas.


Ou seja, esse método permite uma personalização muito mais precisa no disparo de e-mail marketing, o que aumenta a taxa de abertura e engajamento quando comparada aos outros envios realizados sem esse estudo prévio.


6. Análise de resultados do e-mail marketing

Por fim, não podemos deixar de falar sobre a geração de relatórios de e-mail marketing para entender a eficácia das campanhas e torná-las mais avançadas. 

Afinal, ao monitorar métricas como taxas de abertura, cliques e conversões, é possível identificar o que está funcionando e o que precisa ser ajustado, além de otimizar futuras campanhas, segmentar melhor a audiência e personalizar conteúdos, aumentando o engajamento e as taxas de conversão. 

Além disso, a análise contínua garante que suas estratégias estejam alinhadas com os objetivos de negócios, promovendo um crescimento sustentável e eficaz no relacionamento com os clientes.


Integração Reportei e E-goi

Inclusive, é por isso que o Reportei integra com a E-goi e oferece relatórios avançados sobre as suas campanhas de e-mail, segmentações e desempenho das automações criadas na plataforma.

Por meio de captação automática de métricas, criação de gráficos e tabelas, você tem uma visão holística sobre suas estratégias e consegue obter os melhores insights para suas campanhas.

Além disso, integramos com mais de outras 20 mídias e plataformas digitais, o que proporciona uma análise mais completa sobre as suas estratégias para redes sociais, tráfego pago, SEO, gestão de vendas, e como elas se complementam para gerar os melhores resultados para o negócio.


IR PARA SEU TÓPICO
Posts que podem ser interessantes
Comentários

Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe