Saiba como adaptar as estratégias de marketing e fortalecer marcas neste momento

Com as mudanças proporcionadas pela pandemia do Covid-19, a regra de adaptar as estratégias de marketing se tornou uma realidade para agências, empresas e freelancers que precisam fortalecer marcas neste momento.

Nós entramos em um período em que o consumo em certos setores caiu muito, mas que os negócios precisam se ajustar para continuarem ativos e se relacionando com seus clientes. 

O meio digital tem exercido um grande papel nesta nova dinâmica, mas as empresas ainda precisam se diferenciar em outros pontos importantes, como o posicionamento e, principalmente, a produção de conteúdo para o público.

Por isso, nós selecionamos, neste artigo, quatro dicas essenciais para ajudar você nesse processo de adaptação. Confira!

1. Reflita sobre o posicionamento da marca

Antes de planejar novas etapas diante da crise, o ideal é refletir sobre o novo posicionamento que a marca do seu cliente precisa adotar para conseguir se relacionar com o público e se fortalecer neste momento.

Se antes o foco do negócio estava em gerar mais vendas, agora é a hora de pensar além disso e ajudar a diminuir a insegurança que as pessoas estão sentindo. 

Como uma marca pode auxiliar seus clientes a se sentirem bem em casa, por exemplo? Como ela pode se conectar às pessoas em um período em que o consumo não é prioridade?

Outra dica muito importante: se o seu cliente não está vinculado à área da saúde, evite falar sobre o Coronavírus e não tente, de forma alguma, criar campanhas e promoções oportunistas em relação a esse tema. 

Lembre-se: não é hora de tentar vender, mas sim de gerar conteúdo de qualidade para a sua audiência, como explicaremos com mais detalhes abaixo. 

2. Avalie a transição para o meio digital

Com as orientações para evitar aglomerações e, se possível, participar da quarentena, o meio digital ganhou muita força na conexão entre pessoas. 

Sendo assim, se a marca do seu cliente ainda não está (ou está pouco) inserida na comunicação online, o ideal é adaptar as estratégias de marketing levando em consideração esta nova realidade. 

Para isso, você deve avaliar como essa transição irá ocorrer, quais mídias serão ideais para manter o relacionamento com o público (redes sociais e e-mail, por exemplo) e como você vai se posicionar em relação a este novo contexto. 

3. Foque na produção de conteúdo relevante 

Mais do que nunca, o conteúdo de qualidade tem se tornado essencial para marcas que precisam manter um relacionamento próximo com seus públicos. 

Com o distanciamento social, a quarentena e a diminuição no consumo, as pessoas têm buscado, no meio online, informações e novas atividades que as ajudem a se sentir mais seguras e preparadas para lidar com este momento. 

Elas têm encontrado na culinária, na meditação e na prática de atividades físicas, por exemplo, novas habilidades e gostos que elas nem imaginavam ter. 

Toda crise possibilita momentos de descoberta. Então cabe à você saber como conectar a marca que gerencia a isso e às necessidades atuais dos clientes. 

Ou seja, é hora de voltar a sua produção de conteúdo para o topo do funil de vendas e oferecer soluções simples para o dia a dia, como indicação de receitas, cursos de capacitação ou brincadeiras para fazer com as crianças em casa.

Gerar dicas relacionadas à sua área de atuação não só ajuda as pessoas a se sentirem bem neste período, como também abre portas para que elas lembrem da marca depois e desçam pelo funil até se tornarem consumidoras dos seus produtos ou serviços.

4. Tire projetos paralelos do papel 

Se o seu cliente tinha a ideia de criar algum projeto paralelo no futuro – como uma série de e-books, um canal no YouTube ou um blog com dicas da área em que ele atua -, este é um excelente momento para tirar esse plano do papel!

Portanto, tente trazer tudo o que vocês já debateram no passado para este processo de adaptação, mostrando que vocês podem construir conteúdos relevantes que serão essenciais para o fortalecimento da marca.

Um blog, por exemplo, costuma gerar resultado a longo prazo. Então, se vocês iniciarem agora, os frutos começarão a ser colhidos quando tudo estiver melhorando. 

Caso o cliente não tenha demonstrado nenhuma predisposição ainda para essas novas ideias, é hora de mapear o que pode ser feito dentro da realidade dele e apresentar um planejamento dessas ações.

O momento exige proatividade e, com as propostas certas, a marca do seu cliente pode vencer a crise com resultados e relacionamento duradouros para os próximos anos. 

Gostou das nossas 4 dicas para adaptar as estratégias de marketing digital? Então confira também nosso artigo sobre como reter clientes em tempos de crise!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *